image

Título/ Autor: Ser feliz é assim – Jennifer E. Smith

Avaliação: Esperando a felicidade ser assim

A capa é realmente feliz e o porco é cativante, mas
definitivamente esse livro se enquadra na categoria “muito barulho por nada”.
Não que seja um livro ruim. É uma leitura fácil, gostosa e eu indicaria esse
título a amigas minhas que adorariam e suspirariam pela história de Grahan e
Ellie. (aliás, com todo esse clima de cidade pequena e esse nome, não tem como
deixar de pensar em Ellie e Noah do “Diário de uma paixão”).

O enredo é algo que toda leitora/escritora de fan fic adora.
Um famoso se apaixonando por uma ilustre desconhecida. E para melhorar, foi
através de uma troca de e-mails errados! Tem como ser mais romance do século
XXI?

Graham Larkin é um ator de 17 anos, dono de um porquinho
(que poderia ser mais utilizado na narrativa), que envia, sem querer, um e-mail
para Ellie O’Neal. Depois do primeiro mal entendido, o casal continua a se
comunicar, mas nenhum deles divide um detalhe crucial de suas vidas: SEU NOME.

Em meio aos correios eletrônicos compartilhados (Momento
idoso), Graham descobre onde Ellie mora e aproveita uma oportunidade única para
visitá-la.

O caso é que Graham está em meio à gravação de uma comédia
romântica e a produção se vê sem uma locação viável após a cidade escolhida sofrer com um ataque de insetos.

Utilizando todos os seus truques (piada com o fato do
personagem mais famoso de Graham ser um mágico), ele consegue transferir a gravação para Hanley, Maine, cidade de Ellie.

Graham, sabendo do trabalho de Ellie na única loja de doces da cidade, vai até lá para conhecê-la, mas acaba encontrando a colega de
trabalho dela, Quinn. Ele acaba convidando a garota para jantar. Por fim, na mesma noite, ele descobre que era a garota errada e vai ao encontro de Ellie.

A partir daí, eles têm uma relativa interação e o tão esperado beijo romântico que é o paraíso para os dois jovens apaixonados.

No entanto, Ellie se vê obrigada a afastar-se de Graham devido a um segredo que faz com que ela tenha que se manter no anonimato.

A história se desenrola com a problemática de Ellie tentando se manter longe dos paparazzi que seguem Graham e sua atração por ele que é como um imã.

Chega de falar desse enredo. Já foi spoiler demais!

A história da whopie pie foi uma graça, mas, no geral, o
livro não tem tantos momentos suspirantes.

É só uma história cheia de acontecimentos básicos, tem
coisas fofas, mas eu esperava um pouco mais. Queria mais porco.

Agora, vai ler o livro, humano! Porque mesmo sendo um livro “basicão” é uma leitura digna e como cada pessoa tem seu jeito, o que não me agrada, pode agradar ao próximo, por isso, mãos à obra! =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.