Segundas Musicais #118

SegundasMusicais

Olá, pessoas!

Hoje tem playlist temática em homenagem ao Dia do Rock!

Muitas bandas se inspirar em grandes clássicos da literatura para criar suas músicas. E hoje teremos algumas aqui na lista!

Bora lá?

#SomNaCaixa!

01. For Whom the Bell Tolls – Metallica

 

02. Big Brother – David Bowie

 

03. Tha Bard’s Song – Blind Guardian

 

04.  Talk Shows on Mute – Incubus

Espero que curtam! =]

Concordavam sobre tudo que era importante e discutiam sobre o restante. E isso era bom também, porque, quando discutiam, Eleanor sempre fazia Park morrer de rir.

 

Eleanor & Park, Rainbow Rowell

#DicaDeLeitura 01

Já seguiu o nosso instagram? Tem uma dica de leitura legal no post de hoje! Confira!

View this post on Instagram

Olá, pessoas! Como uma ótima indicação feita pela @nathifoliveira, vim aqui para mostrar algumas opções de livros da Rainbow Rowell a todos que têm vontade de conhecer o trabalho dela antes do bate-papo amanhã! (12/07) Sou suspeita para falar, mas vou indicar 3 deles, começando por aquele que é um queridinho dos fãs. Bora lá? Eleanor & Park A trama conta a história, a partir de dois pontos de vista, de dois jovens de 16 anos, que não se enquadra nos grupos pré-formados no mundo, criando um laço através de cultura geek, música e compartilhamento da vida complicada, abordando temas tensos, relacionados à família, auto aceitação e crescimento, mas de uma forma natural e maravilhosa. Fangirl Esse livro me contempla muito! Porque eu fui uma ávida leitora de fanfics e apaixonada por uma certa história de um bruxinho que vai para uma baita escola de magia (cêis conhecem?) A trama conta a história de Cath, uma fã de carteirinha, escritora de fanfics (um hábito que começou junto com a sua irmã gêmea, mas que, ao crescerem, manteve a força somente com ela). O foco do livro, além de dividir momentos dela sendo super fã, é o crescimento, acompanhando todas as mudanças ocorridas no primeiro ano de faculdade delas. Sobre viver, pela primeira vez, mundos separados, encontrando seus caminhos, suas vozes, fazendo novos amigos e amores. Universos Afins Esse é um ótimo livro para quem precisa de algo rápido e divertido para ler. É super curtinho e se passa num só dia. Uma garota está na fila do cinema para a assistir a estreia do novo filme do Star Wars. Em tempos de internet, vendas on-line e tudo mais, estar nessa situação demonstra como a experiência faz parte da jornada para ver um filme ou participar de um momento especial relativo a algo que se ama! A narrativa aborda a jornada para tornar a experiência algo épico, mas, acima de tudo, sobre a conexão que muitos fazemos, principalmente emocionais, com aquilo que consumimos. #SomosTodosFãs. . . . . . . . . #leitura #livros #books #rainbowrowell

A post shared by Notas da Leitora (@notasdaleitora) on

“A sua razão foi ter ido para a cama com o coração cheio de orgulho e a barriga vazia”, disse eu. “Os orgulhosos provocam suas próprias tristezas”

“O Morro dos Ventos Uivantes”,  Emily Brontë

Não tenha medo de mudar de rumo. Você até vai achar algumas vezes que sua hora passou. Tempo perdido. Bobagem! Você não se sentirá velha tão cedo… Aliás, por favor: erre bastante. Quem sabe assim você perde esse medo que bloqueou tantos caminhos. E se perdoe quando isso acontecer.

“Se não fosse por você, eu não estaria aqui: Cartas para quando eu era adolescente”, Vários autores.

Se não fosse por você, eu não estaria aqui #ResenhaDeQuinta

Screenshot_20200709-132053_1.jpg

Título/Autor(a)/Editora: Se não fosse por você, eu não estaria aqui: Cartas para quando eu era adolescente, vários autores. Editora Seguinte.
Avaliação: Pegando papel e caneta para mandar uma cartinha…

Olá, pessoas!

Para a resenha de hoje, tem um livro novinho em folha, aliás, o e-book é novíssimo! Lançado ontem (8 de julho), trata-se de uma coletânea composta por autores que integram a programação da Flipop 2020.

Está, pelo menos por enquanto, disponível gratuitamente na loja Kindle. É uma ótima oportunidade para aqueles que desejam ler algo curtinho, escrito por muita gente talentosa, DE GRAÇA e ainda ter a oportunidade de ver os painéis da maioria dos autores pelo Youtube.

O livro trata-se de diversas cartas cartas que os autores escreveram para os seus “eus adolescentes”. Quem não queria voltar no tempo para dar uns bons conselhos sobre amizade, família, amor, autoconhecimento, identidade?? E é exatamente isso o que eles fazem essas pequenas páginas cheias de emoções, nostalgia, fatalmente alguns arrependimentos, desilusões e lembranças que, unificadas, os transformaram nos adultos de hoje.

Entre as páginas os leitores vão se deparar com trechos da vida dos autores, palavras de incentivo para as suas versões mais jovens, tudo aquilo que eles gostariam de dizer, agora que aquela época já passou (e deixou marcas importantes).

Cada capítulo traz um frame das suas vidas, de momentos importantes, de suas paixões e momentos de orgulho (principalmente eu falar sobre o futuro). Sempre alertando sobre a situação atual, mas enfatizado a necessidade de manter a calma e não perder as esperanças. Parece até inventado, trama de um filme de ação de Hollywood falar sobre o mundo, política, a questão de saúde e o isolamento.

Fala de persistir no sonho. Nos levam a momentos cruciais como um teste positivo de gravidez, a descoberta da verdadeira identidade, viagens e oportunidade. Aborda amores, amigos, experiências de vida.

É um livro sobre amor, união, vitórias e desenvolvimento. Sobre respeitar as suas próprias limitações, não ter medo de ser aquilo que deseja, sobre apreciar a família e os laços verdadeiros.

Vale a leitura e, quem sabe, aproveitar o ensejo para escrever a sua própria carta. Como seria a sua?

Até a próxima! Espero que curtam a resenha!

Em situações novas, todas as regras mais complicadas são justamente aquelas que ninguém se dispõe a explicar. (E justamente as que você não acha no Google).

Fangirl, Rainbow Rowell

Notas da Audiovizueira nº11

TopoNotasAudiovizueira-01

01. O Doador de Memórias

Essa distopia, baseada na obra de Lois Lowry conta a história de Jonas, morador de uma comunidade em que tudo é, aparentemente, perfeito onde um homem é responsável por guardar as memórias ruins e manter o mundo longe de sofrimento.
Disponível em: Netflix
02. A Sociedade Literária e a Torta De Casca De Batata

O filme foi inspirado no livro de Mary Ann Shaffer, Annie Barrows e Lea Viveiros de Castro. Narra a história de uma escritora que, ao pesquisar sobre um clube de leitura criado durante a Guerra, acaba se envolvendo com os seus excêntricos participantes e suas trajetórias.

Disponível em: Netflix
03. Guerra Mundial Z

O filme trata do mundo acometido por uma doença que faz com que as pessoas se tornem zumbi. Nesse contexto, um ex-investigador fará de tudo para proteger as pessoas que ama e buscar uma maneira de impedir o apocalipse. Baseado na obra de Max Brooks.
Disponível em: Telecine Play

04. Jumanji

A história trata de um misterioso jogo de tabuleiro e as pessoas que ousaram jogá-lo. Passada em dois períodos diferentes, narra como um grupo de pessoas consegue vencer os medos para terminar uma partida iniciada há décadas e como isso pode mudar a vida de todos. Inspirado no livro escrito por Chris Van Allsburg.

Disponível em: Telecine Play

Por hoje é só! Até a próxima!