Reparos #Resenha

Título/Autor: Reparos, Brão Barbosa

Avaliação: Buscando as pecinhas para consertar minha máquina interior.

Olá, humanos!

Essa é uma daqueles histórias em que você tem uma grata surpresa ao longo do caminho.

Selecionei a leitura de forma despretensiosa no meio do mar de opções, procurando sempre algo que pudesse aproveitar rapidamente entre os intervalos de atividades e fui agraciada com essa maravilha!

Suas poucas páginas trazem tantos sentimentos maravilhosos. É uma daquelas obras que, ao terminar de ler, temos a sensação de quentinho no coração!

Sobre a trama, trata-se da história de uma garotinha, Eunice, que constrói um foguete com os seus amigos. Durante o teste do protótipo, o aparato acaba nas mãos do Sr. Ravid, um senhor ranzinza que conserta coisas e mora isolado. A cidade pequena é cheia de rumores sobre ele e as crianças morrem de medo da figura.

No objeto, como piloto, está um boneco de Junior, o rapaz por quem Eunice tem sentimentos (a menininha está apaixonada pelo coleguinha) e o boneco é ninguém menos que o ASTRONAUTA da Turma da Mônica. Fora essa referência da Cultura Pop, também temos o nome do foguete, Apollo Creed. xD

Para recuperar o boneco, Eunice cria um plano para “invadir” a casa do Sr. Ravid quando seu pai vai até lá lavar um forno para consertar. Aliás, a família dela possui uma padaria e seus pais desejam que ela trabalhe lá (mas ela curte mesmo construir e consertar coisas).

Quando entra na casa do Sr. Ravid, ele encontra a garota e esse é o início de uma amizade inesperada, na qual o velhinho ranzinza faz da garotinha a sua assistente ao perceber que ela tem aptidão para o trabalho.

O desenvolvimento e a conexão dos dois é muito fofinha e inspiradora para diversas escolhas de Eunice ao longo dos quadrinhos.

Fora ter uma trama fofinha e tocante, a obra conta com quadrinhos lindos! Feitos para encher o coração de abraços quentinhos, sentir esperança. É uma história de aprendizado e crescimento!

Quem aí conhece ou já leu? Conta o que achou nos comentários.

Até a próxima!

Notas da Audiovizueira nº22

Oie, gente!

Friozinho combina com uma maratona de filmes e séries, né? Que tal umas dicas literárias/audiovisuais?

Bora lá!

01. A Minha Garota para Sempre

O filme conta a história de um rapaz que deixa sua noiva no altar para seguir seu sonho de ser um astro da música country. Após conseguir o sucesso desejado, ele é levado de volta ao seu passado por causa de uma trágica notícia. Inspirado no livro de Heidi McLaughlin.

Disponível em: Telecine Play

02. Ps: Ainda Amo Você

A sequência de “Para Todos os Garotos que Amei”, de Jenny Han, traz os desdobramentos da história de Lara Jean e o que acontece quando alguém para quem ela enviou uma de suas cartas aparece em sua vida.

Disponível em: Netflix

03. Cadê Você, Bernadette?

Adaptação da obra de Maria Semple, o filme aborda a história de Bernadette, uma mulher que esteve 20 aos cuidando de sua família e, um dia, simplesmente some do mapa.

Disponível em: Telecine Play

04. Dumplin

O filme, cujo livro foi escrito por Jullie Murphy, traz a história de uma jovem cuja mãe é uma ex-miss que trabalha com modelos que vão participar de concursos de beleza. Ela, que não está dentro do padrão comum dos concursos, decide entrar em desses concursos no qual sua mãe é jurada.

Disponível em: Netflix

Espero que curtam!

Até a próxima!

Papéis Invertidos

A vida é mesmo uma caixinha de surpresa, como já dizia aquela esquete de comédia.

Uma baita ironia, na verdade. E sabe porquê?

Antes eram eles que ficava preocupados o tempo inteiro.

Agora, sou eu quem não consegue deixar a mente se acalmar um só segundo.

Se não atendem o telefone, já estou prestes a chamar todos os socorristas e helicópteros de emissoras para encontrar os “véinhos’ perdidos.

Reclamo das desculpas por não terem carregado o celular, levado ao sair. Por terem gasto todos os dados móveis em vídeos do Zap ou vendo qualquer tranqueira na internet.

Quero saber se estão bem cobertos no frio, se não esqueceram de levar “o casaquinho” e nada de tomar FRIAGEM!

Se tomaram a vitamina C ou aproveitaram a vitamina D dos dias ensolarados…

Estão jantando ou só comendo qualquer besteira no café da tarde ou à noite. Insistindo que é necessário se alimentar direito. E

Quero saber aonde vão, com quem estão socializando, se estão sentindo algum sintoma esquisito, o que é aquela dor no dedão ou porque não me avisaram desse batimento que está descompassado? Os exames estão em dia? Foram ao médico?

Fecharam as portas, falaram com estranhos, deixaram a comida na geladeira, tomaram todos os remédios?

A distância dá saudade, aperta o coração, enche os olhos de lágrimas.

A proximidade enlouquece, traz conflitos de escolhas, teimosia, brigas com a tecnologia, risadas, comida em excesso e barulho na casa.

Depois de anos sendo a fonte principal fonte de cabelos brancos dos adultos, agora dividimos esse “fardo”, sofremos juntos, fazemos contas, discutimos e torcemos para ver, todo dia, aquele rosto da chamada de vídeo, ouvir a voz na ligação ou receber um bom dia e saber que tá tudo bem.

E que teremos mais tempo para nos preocuparmos uns com os outros, ainda mais agora que o jogo virou pra essa quadra aqui.

“Se você não investir pelo menos um certo esforço, não obterá resultados.”

“Poder Da Execução De Metas: O Guia Definitivo Para Criar Metas e Objetivos Eficientes Que Dão Resultado”, Steven Lawrence

Segundas Musicais #128

Olá, pessoas!

Uma segunda-feira gelada terminando por aqui. Então, que tal uma playlist para animar o fim de noite?

Inspirada pelo Emmy de ontem, aqui vai uma lista de músicas que fizeram parte das produções indicadas.

#SomNaCaixa

01. London Grammar – Hey Now

02. Sweet Kisses (feat. Tiffany Haddish)

03. Claude Debussy – Clair de Lune (Lullaby)

04. Noah Reid – Simply the Best

Espero que gostem!

Até a próxima! =]