… mas a vida não era para ser perfeita. Era confusa, e, às vezes, era desastrosa, mas havia beleza em meio à confusão e poderia haver paz em meio ao desastre.

“Espero por você”, Jennifer L. Armentrout (Como J. Lynn)

Teto para dois #Resenha

Título/Autora/Editora: Teto para dois, Beth O’Leary. Intrínseca.

Avaliação: Pensando se não tem ninguém dormindo na minha cama enquanto eu trabalho. (Provavelmente, só os gatos)

Oie, gente!

Hoje tem resenha de um livro popular e gracinha que eu li e me apaixonei de cara!

Já começo dizendo que a leitora passado pede desculpas para a leitora do futuro por causa de todas aquelas vezes que reclamou dos chick lits e agora tá pagando a língua com tanta coisa bonitinha que tem lido.

Agora bora falar dessa comédia romântica de esquentar os corações e manter os olhos colados em cada página!

⚠️ alerta de gatilho psicológico no livro.

Destaco que a escrita da. Beth O’Leary, com base nessa única leitura, parece fenomenal. Que forma maravilhosa de criar personagens cativantes, a narrativa fluida que prende o leitor, que torna a história pessoal e genial para ler. Ainda que contenha temas complexos, tudo é tratado de forma séria e delicada.

O livro conta a trama de Tiffy e Leon. Ela trabalha numa editora de livros “faça você mesmo”, acabou de terminar um relacionamento abusivo e precisa de um novo lugar para morar. Ele é um enfermeiro com uma namorada ciumenta que precisa conseguir dinheiro para resolver um problema familiar.

Nesse enrosco, eles acabam se encontrando quando Tiffy vê um anúncio de aluguel barato, mas o acordo é de dividir a casa (incluindo a cama) com uma pessoa estranha. E eles não se encontrarão por causa dos horários de trabalho.

Por isso, para resolver algumas questões da casa, eles acabam se comunicando por meio de mensagens escritas em post its.

E a interação deles é a coisa mais fofa. A extrovertida, cheia de roupas “únicas” e “fazedora” de bolos Tiffy é o tímido, introvertido e prestativo Leon conseguem se conectar sem nem ao menos se verem.

É muito interessante ver como esses dois, tão diferentes, conseguem se ajudar, conviver e ter uma relação de amizade com uma começo inusitado!

Vale muito a pena conhecer essa história e ser cativada pelos personagens, compartilhar suas ansiedades e celebrar suas conquistas.

É muito amor em poucas páginas!

Quem aí já leu? Conta o que achou!

Até a próxima!

Notas da Audiovizueira n°34

Olá, pessoas!

Para não perder o espírito natalino, hoje tem a última lista temática. Espero que já tenham visto muita coisa legal por aí!

Temos algumas comédias românticas que vi recentemente. Acho que dá uma amaciada nos corações peludos!

01. A princesa e a plebeia

Aquele famoso filme de “pessoas idênticas trocam de lugar e vivem altas aventuras”. Uma confeiteira se torna princesa por alguns dias ao substituir a moça!

02. Sintonizados no Amor

É mais um filme de fim de ano do que só Natal. Trata-se da história de dois melhores amigos que trabalham em uma rádio e acabam fingindo ser um casal pra ajudar a audiência do programa.

03. O Natal de Heidi

Quando sua irmã precisa viajar, Heidi aceita cuidar dos sobrinhos. De volta à cidade de origem, ela reencontra um antigo amor e a inspiração que tinha desaparecido.

04. Natal sob Medida

Um arquiteto que trabalha demais precisa ajeitat a casa para receber a família no Natal. Sem o menor talento para isso, ele contrata uma decoradora sazonal apaixonada pelo Natal e ela, além de ajudar na casa, torna-se a coordenadora de atividades festivas da família.

Espero que curtam. Todos os filmes estão disponíveis em streaming.

Até a próxima.

Uma mensagem não lida #ResenhaDeQuinta

Screenshot_20200806-125451_1.jpg

Título/Autora: Uma mensagem não lida, Larissa Siriani.

Avaliação: Respondendo todas as minhas mensagens que estão largadas na caixa de entrada.

Olá, pessoas!

Tenho aproveitado muitas leituras curtas nos últimos tempos, inclusive, o aplicativo de livros que não será nomeado nesse momento já aproveita para me indicar a próxima leitura baseada nesses contos, crônicas e livros de poesias que têm enchido a minha biblioteca digital. Admito que é uma experiência ótima. Meio dever cumprido nas listas. meio distração nesse momento difícil.

E não foi diferente com esse livro, que apareceu no meio de uma listinha de autores nacionais.

Como eu sou altamente cativada por obras que utilizam formatos diferentes para contar histórias, ao descobrir que toda a narrativa se passava através de mensagens de texto, já fiquei muito empolgada! É tão interessante contar tanta coisa usando somente o espaço das conversas. Não tem descrição de cenário, de pessoas, de situações. É como se fosse um grande compilados de fala dentro de um roteiro no qual nós podemos imaginar o que quisermos para os personagens.

Fora isso, pela sinopse (não vou dar spoiler), já fiquei encafifada com a temática. Trata-se de um livro que narra a trajetória de basicamente um ano de Mônica, uma mulher que perde seu namorado, tragicamente, perto do Natal. E toda a trama se desenrola a partir da troca de mensagens pelo celular dela, sendo essas conversas com seus parentes e amigos ou com o seu amor perdido.

Não que ela receba mensagens do além-mundo. Nada disso. Ela segue enviando seus recados para o número de celular do seu namorado, como forma de continuar em contato, de dividir o que está sentindo. Ela fala sobre a vida e toda a dor que tem carregado.

Além disso, existem várias interações com a sua melhor amiga, que tenta sempre ajudá-la nesse momento delicado (até porque, é difícil para as duas já que a amiga é prima do moço que se foi…). Também tem ótimos momentos com a mãe dela.

Não vou dar spoiler, mas um momento importante de virada tem relação com o celular do namorado e o fato de que, às vezes, o número é cancelado ou passa para outra pessoa… é tudo o que vou dizer.

Tinha muito expectativa, mas admito que não foi o livro que eu mais gostei entre os últimos que li, está entre os mais fraquinhos. Maaaaas, toda leitura é válida e, pode ser que só não seja o meu momento para ler esse tipo de história. Isso acontece muito. Por isso, indico a leitura para quem estiver na vibe de algo com a vibe meio romance levinho. (nada contra, acho que meu coração anda meio peludo… hahahaha)

Espero que curtam! =]

Reticências #ResenhaDeQuinta

Screenshot_20200716-160329_1.jpg

Título/Autor/Editora: Reticências, Solaine Chioro. Agência Página 7

Avaliação: Reavaliando minha relação com os famosos 3 pontinhos.

O que eu mais tenho lido são livros curtinhos. Acho que, além de serem super práticos, são um enorme incentivo para aqueles momentos em que não temos muito tempo ou em que a leitura anda meio travada. Nesse isolamento, poder aproveitar uma horinha envolvida nas  mais diversas tramas também é algo maravilhoso!

O livro narra a história de dois jovens, Joana e Davi. Eles têm mais coisas em comum do que imaginam, inclusive, fora o fato do Davi ter ido trabalhar na redação da agência em que Joana é web designer, os dois tem uma relação especial com pessoas que conheceram online. Inclusive, as mensagens que eles trocam com as suas “arrobas” favoritas são a melhor parte do dia deles.

Esse refúgio digital deles, basicamente um webnamoro, faz com que tenham alguém para compartilhar as dificuldades do dia, falar sobre filmes, compartilhar playlists e momentos de fofura.

Mesmo com essa “semelhança” e após uma primeira impressão até que boa, os dois começam a ter alguns problemas de convivência por causa de um grande mal entendido. Isso faz com que troquem alguns olhares bravos e até frases ríspidas.

No entanto, algumas situações complicadas relativas a preconceito tornam a convivência deles mais amena, chegando até a se darem bem.

Não posso falar muito porque senão é spoiler. Mas posso dizer que gosto de duas ferramentas narrativas utilizadas na forma de criar esse universo dos dois: utilizar formato de “mensagens” para as interações dos personagens no instagram e os capítulos divididos em dois pontos de vista!

São poucas páginas, mas achei a história super envolvente e divertida. Tem uma dinâmica ótima e eu não consegui parar de ler até terminar!!(E eu lembrei muito de “Mensagem para você” enquanto lia – tá, esse é um BAITA spoiler!

Indico a leitura! Quem já conhece o livro, conta o que achou!

Até a próxima! =]