Top 3 #Música I

Geeente,
tá na hora de mais uma listinha marota para vocês! E hoje eu me inspirei no
festival daora que está rolando (e eu não estou lá, mas tudo bem…) o Lollapalooza.

Tô me divertindo aqui com bandas e artistas que eu adoro e nada melhor do que isso
para ajudar na criação do Top de hoje!

A lista é composta por livros que tem temática musical ou algo de música em sua
história!

Bora para os favoritos?

01. Nick e Norah – Uma noite
de amor e música – Rachel Cohn e David Levithan

O que falar desse livro que eu adoro e que inspirou um filme que eu gosto mais
ainda? Gente, muito amor por esse casal que se une por causa da música e vive
altas aventuras graças à ela?! ❤

02. Para onde ela foi –
Gayle Forman

A sequência de Se eu ficar. Adoro as histórias que contam o ponto de vista de outros personagens/seguem a narrativa a partir de outro foco. Eu adorei esse livro, até mais do que o primeiro!

03. A playlist da minha vida – Leila Sales

Esse livro foi tão legal e rápido para ler. A história que fala de
auto-conhecimento, bullying e MUITA música legal. Fui surpreendida e adorei a
leitura.

Por hoje é só, humanos! Juízo e bom fim de semana!

Top 3 #Superação

A lista de hoje é inspirada no Teleton! Tantas histórias de superação, crianças, jovens e adultos fortes e determinados. Com muito amor, carinho e coragem enfrentam as adversidades da vida e nos incentivam a tentar fazer o melhor todos os dias!

A doação aqui de casa já foi feita. Espero que todos aqueles que se sentem tocados por essas histórias façam o mesmo! #TamoJunto.

Então, bora lá para a lista! Personagens que, entre muitos, juntaram suas forças e superaram os desafios da vida!

01. Amy – Amy e Matthew – Cammie McGroven

A Amy é uma das personagens mais geniais que eu “conheci” esse ano. Ela é inteligente, engraçada e, com muita dedicação, vive além da sua condição (Amy tem paralisia cerebral). Busca novas experiências, servindo de exemplo para a gente!

02. Hazel, Gus e Isaac – A Culpa é das Estrelas – John Green

Essa história linda mostra personagens que vivem, batalham e fazem o melhor, ainda que a vida pareça difícil. Não é uma história de perda, mas de encontro. De partir e aquecer o coração, esses três jovens são geniais e mostram para a gente que não há um minuto a perder nessa vida! =]

03. Mia Hall – Se eu ficar/ Para onde ela foi – Gayle Forman

Mia poderia ter escolhido ir embora, desistir e acompanhar a sua família que morreu em um acidente de carro. Mas ela decidiu viver e essa escolha mostra toda a força dela! Dedicada, ela vai para a Faculdade, faz concertos e supera todos os obstáculos!

Essa foi a lista de hoje! Bom fim de semana e juízo, humanos!

Para Onde Ela Foi #Resenha

Título/Autora/Editora: Para Onde Ela Foi, Gayle Forman. Novo Conceito.

Avaliação: Cantando (com uma mão para cima e outra no coração) os sucessos da Shooting Star!

Gente, eu posso garantir, depois de ler dois livros dela que a Gayle Forman já tá no meu hall eterno de autoras favoritas. Sério, a maneira como ela escreve é tão fluida e cativante que eu, ao começar o livro, já senti como se fizesse parte daquela mundo desde sempre!

Além de realmente adorar histórias que são contadas pelo ponto de vista de outro personagem que esteve no livro anterior, tem muitas
letras de música e todos aqueles sentimentos que apertam o coração e embrulham o estômago. Sem brincadeira, eu tive essas reações físicas ao ler o livro!

Para onde ela foi segue a trajetória de Adam Wilde, o namorado de Mia Hall, protagonista de Se eu ficar. O livro é uma ide e volta
de Adam, que está no presente, com sua banda, sua ansiedade mil grau e o sucesso astronômico da Shooting Star. Isso se passa três anos depois dos acontecimentos do primeiro livro.

Adam está insatisfeito com a vida, se afastou em sua própria mente e a cada capítulo vemos como foi decaindo após sua separação de Mia. A fase de reabilitação dela, a ida à Julliard e o impacto de suas escolhas.

Não importa o sucesso. Como diz a frase muito famosa, dinheiro não traz felicidade. Mesmo com toda a sua fama, Adam é recluso, parece que virou o coração gelado, tem que tomar remédio para ansiedade, está “de mal” com a banda e é estressadinho com repórteres.

Acho que foi bastante spoiler em poucos parágrafos. Em todo caso, com capítulos que migram entre o presente e o passado, entendemos como foi após Mia acordar do coma e as situações que trouxeram os dois aos dias atuais. Eles acabam se encontrando em Nova York e muitas coisas precisam ser explicadas. São momentos que personificam a expressão ”soltei o ar que não sabia que estava prendendo”!

Essa é uma ótima sequência e eu adorei ver como pensava um personagem com o qual sofremos no outro livro. Entender como ele lidou com os fatos, suas dúvidas e arrependimentos.

Eu realmente gostei do livro! Foi um ótimo “encerramento” para a história. E torço para que, um dia, se torne filme também. (Sonhar é de graça, né?! Hahahahahaha)

Bom, vão ler, humanos! Espero que gostem do livro tanto quanto eu gostei!!

Semana que vem tem mais! =]