– Ei, por que só tem um garoto lutando?

– Ele está lutando contra o mundo.

(…). Ele continua na luta, por mais que caia. Levanta.

O azarão, Markus Zusak.

Então, percebi que havia apenas um eu. Havia apenas um eu que podia se preocupar com o que estava acontecendo aqui, no interior da minha vida.

O azarão, Markus Zusak.