Notas da Audiovizueira n°44

Olá, pessoas!

Espero que estejam todos bem nesse período. Que tal a gente se distrair falando sobre um filme inspirado em livro?

Bora comenta Moxie, a nova produção da Netflix?

Primeiro, eu já estava muito ansiosa para assistir porque AMO adaptações literárias. Ai descobri que envolvia a Amy Poehler e soube que seria puro amor.

Sobre o que fala??

História de uma adolescente que tem uma vida normal, com aquelas preocupações de faculdade, popularidade. Padrão. Ele tem uma melhor amiga e estuda em um colégio que passa para o astro do futebol.

Normal, né? Chega a ser irritante como até ela repete frases que perpetuam esse comportamento abusivo de certos alunos.

As coisas começar a mudar com a chegada de Lucy, uma garota com personalidade forte e que, com alguns comentários certeiros e alguns casos de machismo no colégio, faz com que Vivian reflita sobre a situação de escola.

Inspirada nos anos de protestos de sua mãe, ela decide falar sobre os problemas no colégio de forma anônima: Cria uma zine feminista chamada Moxie.

A publicação é um sucesso, mas as coisas tomam uma proporção que gera problemas.

Além disso, nesse meio tem Seth, garoto fofo que vai mexer com o coração de Vivian,

• Pontos positivos

Amy produzindo e dirigindo a adaptação.

Elenco ótimo. Muito bem escolhido. Palmas para a diretora que representou muito bem muitas coisa que vemos no dia a dia.

Trilha sonora genial.

Traz para debate importantes pautas.

Direção de arte genial. Aquele quarto e, principalmente, a zine maravilhosa.

Partes mais fracas

Personagens e tramas subutilizadas. Por exemplo, a Lucy.

A rebeldia da Vivian, quando tá com a “mente aberta” é meio irritante. Ela briga com todo mundo que tá lá dando apoio.

Primeiro encontro meio esquisito.

Alguns itens não foram explicados, só esquecidos ao longo da narrativa.

Em todo caso, adorei o filme. Mesmo com uns pontinhos mais fracos.

Quem aí já assistiu?

Conta oque achou nos comentários.

Até a próxima. =]

Notas da Audiovizueira n°43

Oie, gente!

Bora falar de filme hoje?

Adaptações são uma ótima oportunidade para tirar os nossos personagens favoritos das páginas e levar para outras plataformas.

Esse é mais um daqueles filmes em que tive a grata surpresa de descobrir que era uma adaptação literária.

Já tinha adorado o filme e, quando li o livro, curti ainda mais.

A história é aquela comédia adolescente em que a garota pouco popular se une ao jogador para que os dois consigam aprender algo um com o outro.

Bianca faz parte de um trio composto por ela e duas melhores amigas lindas e talentosas.

Tudo mas bem até que, em uma festa, ela é chamada de D.U. F. F ( em inglês, designated ugly fat friend), ou seja, a amiga esquenta que serve para deixar as outras mais bonitas.

Isso deixa a garota encafifada, gerando problemas entre o trio e sua dissolução temporária.

Enquanto está longe de suas amigas, ela se aproxima do vizinho e jogador popular, Wesley.

O garoto ajuda Bianca com o visual e a atitude para deixar de ser uma D.U.F. F e ele vai ajudá-lo com a matéria que precisa passa para seguir no time.

Ainda que seja padrão, a história é contada de uma maneira divertida. A química entre os personagens é genial e vemos um desenvolvimento e evolução deles.

Tem tudo o que precisamos em uma comédia romântica: cenas de escolha de roupa em uma montagem musical, um crush que nunca deu bola para a mocinha e uma garoto popular e maldosa.

É um excelente filme fofura para momentos em que precisamos de um quentinho no coração.

Alguém ai já viu? Conta o que achou.

Notas da Audiovizueira n°40

Oie, gente!
Estava aqui, olhando para a minha estante e pensando em mais livros que já tiveram a sua transformação de lagarta literária para borboleta audiovisual. Bora pra algumas?


01. Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo

Dois melhores amigos, para manter a amizade, criam uma lista de pessoas com quem eles não podem ficar. Isso tudo muda quando alguém trai esse acordo.

Autores: David Levithan e Rachel Cohn


02. Me chame pelo seu nome

Conta a história do jovem Elio em um verão transformador quando um estudante de doutorado, Oliver, passa a temporada em sua casa de férias.

Autor: André Aciman


03. Trabalhar no paraíso pode ser um inferno

Como se fosse uma empresa normal, o Paraíso conta com funcionários que desempenham cargos específicos. No entanto, quando o curso das coisas está indo para um caminho ruim, dois anjos precisam realizar um milagre para salvar a Terra.


Autor: Simon Rich

04. O Código Da Vinci

Mais uma aventura de Robert Langdon, dessa vez, o professor entra em uma empreitada que começa com um assassinato no Louvre e uma série de pistas conectadas às obras de Da Vinci.

Autor: Dan Brown

Espero que curtam!

Até a próxima!

Notas da Audiovizueira n°34

Olá, pessoas!

Para não perder o espírito natalino, hoje tem a última lista temática. Espero que já tenham visto muita coisa legal por aí!

Temos algumas comédias românticas que vi recentemente. Acho que dá uma amaciada nos corações peludos!

01. A princesa e a plebeia

Aquele famoso filme de “pessoas idênticas trocam de lugar e vivem altas aventuras”. Uma confeiteira se torna princesa por alguns dias ao substituir a moça!

02. Sintonizados no Amor

É mais um filme de fim de ano do que só Natal. Trata-se da história de dois melhores amigos que trabalham em uma rádio e acabam fingindo ser um casal pra ajudar a audiência do programa.

03. O Natal de Heidi

Quando sua irmã precisa viajar, Heidi aceita cuidar dos sobrinhos. De volta à cidade de origem, ela reencontra um antigo amor e a inspiração que tinha desaparecido.

04. Natal sob Medida

Um arquiteto que trabalha demais precisa ajeitat a casa para receber a família no Natal. Sem o menor talento para isso, ele contrata uma decoradora sazonal apaixonada pelo Natal e ela, além de ajudar na casa, torna-se a coordenadora de atividades festivas da família.

Espero que curtam. Todos os filmes estão disponíveis em streaming.

Até a próxima.

Notas da Audiovizueira n°33

Oie, gente!

Bora para uma lista de filmes bons de maratonar no Natal??

Clássicos ou mais novos, o que importa é aquele clima específico do fim de ano.

Bora lá!

01. A Origem dos Guardiões

Esse filme junta várias datas comemorativas, maas, traz a história de Jack Frost, um garoto que controla o inverno, que é pouco conhecido, mas vai ser importante na luta, junto aos guardiões, para impedir que um vilão encha as crianças de pesadelos.

02. Esqueceram de Mim 2

A sequência do clássico traz novamente a família mais atrasada dos EUA, correndo para o aeroporto (sem esquecer de levar ninguém), mas Kevin acaba se perdendo da família de novo! Ele vai parar em NY, viver altas aventuras e reencontrar alguns “inimigos”.

03. Meu Papai é Noel

Nesse filme levemente antigo, o Papai Noel, em plena entrega de presentes, sofre um acidente. Com o bom velhinho impossibilitado de fazer as atividades, o dono da casa em que ele teve o problema precisa ficar no lugar do Papai Noel até o próximo Natal.

04. Um passado no presente

Um filme mais novinho, conta a história de um cavaleiro que, por obra de uma bruxa, é transportado para os dias atuais. Ele encontra uma professora desiludida nas questões amorosas e os dois acabam se entendendo, mesmo com diferenças de épocas!

Já viu algum? Conta nos comentários!

Notas da Audiovizueira n°32

Oie, gente!

Seguindo a temática de dezembro, vamos falar mais um pouco sobre um clássico que esteve na lista passada: Esqueceram de Mim!

Filme que trouxe o estrelato infantil de Macaulay Culkin, com direção do grande Chris Columbus, responsável por outros fenômenos como Goonies e Harry Potter (os dois primeiros).

Definitivamente, pela quantidade de vezes que eu vi, acho que o filme está gravado nas minhas retinas. E, com certeza, sinto que não há Natal sem vê-lo pelo menos uma vez.

A história conta as aventuras, medos e peripécias de Kevin, um garotinho que acaba esquecido em casa quando a sua família sai correndo para viajar. (Eles acordam atrasados e precisam pegar um vôo).

Enquanto os familiares ficam preocupados, principalmente sua mãe que faz de tudo para conseguir um vôo de volta, Kevin vira o rei da casa, come tranqueiras, lava roupas e cuida das coisas.

Maaaas, nem só de tranquilidade vive o garoto, ao mesmo tempo que a sua mãe está louca para voltar e garantir que o menino está bem, Kevin precisa manter sua casa protegida de dois ladrões que estão atacando o bairro.

Além dos planos mirabolantes e cena engraçadas, o filme também traz muitas emoções. A solidão sem ter seus familiares, a tensão dos pais estando longe do filho, estranhos que se tornam conhecidos.

E, além disso, tem todo o clima natalino, trilha sonora linda, atores fenomenais e uma direção de arte maravilhosa!

E vocês, já assistiram? O que acharam do filme?

Até a próxima.

Notas da Audiovzueira nº29

Olá, pessoas!

Hoje vamos falar de filme! Recentemente a Netflix adicionou a comédia romântica “Amor com Data Marcada”. Feita para esse período de fim de ano. Sabe aquela que faz todo mundo ficar vomitando arco-íris e achando super fofa enquanto se aquece com o verão e o clima das festas?

E para quem achava que “O Estranho Mundo de Jack’ já untava bastante feriado, acredite, essa produção mostra que quem tem limite é município e passa por diversas datas comemorativas durante o ano.

História

Basicamente, narra a trajetória de duas pessoas, Sloane e Jackson, que se conhecem de forma aleatória em uma fila para trocar seus presentes de Natal após uma noite pouco festiva com seus respectivos parentes/dates.

Irritados com toda essa pressão de ter alguém ao lado nesses dias de celebração, eles acabam decidindo que serão seus respectivos “Holidates”, ou seja, em todos os feriados eles estariam juntos só para “cumprir tabela”

Elenco

Entre as estrelas do elenco, encontramos a talentosa Emma Roberts e a genial Kristen Chenoweth. Vale ressaltar que o par romântico dela é um australiano, Luke Bracey, que eu não conhecia, mas os dois tiveram uma dinâmica muito interessante.

Pontos menos positivos

O roteiro é bem padrão, não é a melhor comédia romântica já feita, mas vale para dar umas risadinhas, uns suspiros e aproveitar naquele dia preguiça em que você só quer se distrair. Alguns diálogos tem frases e piadas que eu não curti muito, acho que já estão ultrapassadas, mas, no geral, é divertido de ver.

Fator Cativação

Provavelmente, todos os feriados e suas representações. As luzes de Natal, a festa de Ano Novo, o Dia das Bruxas, a Páscoa. Esse filme passa por grandes datas e cada uma é super bem trabalhada para que a gente sinta que é mesmo aquela comemoração. A direção de arte é a coisa mais maravilhosa dessa produção, com certeza.

Se você precisa de um filminho para curtir, sem muita pretensão, taí uma dica fofa.

E aí, alguém já assistiu? Conta o que achou nos comentários.

Até a próxima!

Segundas Musicais #135

Olá, pessoas!

Mais uma semana começando! Precisamos de uma animação extra porque estamos no sprint final de 2020, né?

Bora pra uma playlist cheia de músicas animadas e que fazem parte da trilha sonora de filmes inspirados em livros?

01. MARINA – “About Love” – P.S: Eu ainda te amo

02. Beach House – Take Care – A química que há entre nós

03. James Bay – Us – After

04. Major Lazer – Get Free (feat. Amber Coffman) – O sol também é uma estrela

Espero que curtam! Até a próxima!

Notas da Audiovizueira n°28

Olá, pessoas!

Passou o feriado, certeza que todo mundo deu aquela ajeitada na lista, né? (Tô rindo aqui porque sei que a minha ainda tá estagnada e só aumentando…)

Maaas, vamos a algumas indicações, quem sabe cêis não animam a ver algum desses filmes disponíveis por esse mundão.

01. Cidades de Papel

Inspirado na obra do consagrado autor de livros para jovens, John Green, a trama gira em torno de Quentin, uma garoto que tem uma paixonite por sua vizinha e, em uma noite, a acompanha para colocar em prática um plano contra o ex-namorado dela. No entanto, depois disso, Margot desaparece e o garoto sai em busca das pistas que ela deixou pelo caminho.

02. A menina que roubava livros

Nesse romance de Mark Susak, adaptado para as telonas, uma garota que vive na Alemanha durante a época do nazismo e, como diz o título, roubava livros.

03. Enola Holmes

Já teve até resenha por aqui, mas não custa relembrar que está disponível essa história cativante de uma jovem de 16 anos, inteligente e sagaz e que falhou de sr irmã de um detetive renomado. No filme, ela tenta descobrir o paradeiro de sua mãe e acaba se envolvendo com outra situação no meio do caminho.

04. A última música

Uma das inúmeras adaptações das obras de Nicholas Sparks, o filme conta a história de uma garota de 16 anos que vai passar um verão com o pai. Eles não têm mais muita conexão e a mãe dela acredita que seja uma boa forma dos dois se reconectarem.

E aí, já viram algum filme da lista? O que acharam? Contem nos comentários.

Notas da Audiovizueira nº20

Olá, pessoas!

De volta com uma lista cheia de indicações para todos os apaixonados por audiovisual!

Bora lá!

01. A Química Entre Nós Dois

A adaptação literária da mesmo nome, escrita por Krystal Sutherland, narra a história de uma garota que começa a estudar em um novo colégio, entre no jornal dele, conhece um garoto que acaba se apaixonando por ela.

Disponível em: Amazon Prime Vídeo

02. A Esposa

Nesse filme indicando ao Oscar, uma esposa vai acompanhar o seu marido para que ele recebe a premiação do Nobel de Literatura, mas existe muita coisa por trás da carreira literária dos dois.

Disponível em: Telecine Play

03. O Clube das Babás

Baseado nos livros de Ann M. Martin, essa série conta histórias de um grupo de amigas que abre uma agência de babás.

Disponível em: Netflix

04. Meu Amigo Enzo

Com cara de filme de chorar, narrando a trajetória a e crescimento, vida e evolução de um homem e seu doguinho.

Disponível em: Telecine Play

Espero que curtam. Até a próxima!