O garoto está de volta #ResenhaDeQuinta

Título/Autor(a)/Editora: O garoto está de volta, Meg Cabot/

Galera Record

Avaliação: Cogitando umas aulinhas de golfe.

Mais uma resenha que vai demonstrar o quão peludo anda o meu

coração (mas eu não vou desistir dos livros românticos até conseguir soltar um ”ouuuuun”

enquanto leio!!)

Comprei esse livro por alguns motivos básicos, incluindo os

itens indicados abaixo:

·

Eu adoro a autora. Meg Cabot parece uma

excelente humana e eu já li algumas séries dela, como “O diário da princesa”, “A

garota americana” e “A mediadora”.

·

AMO livros com formatações diferenciadas: esse

livro é todo contado através de e-mails, mensagens de texto, trechos de jornais

e chats. Sempre que algum livro utiliza esse recurso, eu compro (eu fico louca

para comprar se estiver caro)

·

Já li os outros da série. Era questão de honra ler esse!!

Agora que eu já demonstrei que tenho apreço pela autora e

obra, posso dizer que a leitura foi muito fácil, devido ao modo como o livro é

escrito. Eu vomitei arco-íris e, mesmo que às vezes eu quisesse um capítulo “normal”

e descritivo, não há nada que fique solto na história por causa do formato.

Isso só acontece graças à genialidade da autora.

No livro, vemos a história de Becca e Reed. Eles são

ex-namorados do colegial que se separam por causa de um problema que aconteceu

no baile de formatura, mas acabam se reencontrando quando os pais de Reed têm

alguns problemas com a polícia local (o que desencadeia uma série de questões

familiares).

No geral, o livro tem seus momentos de fofura e a dinâmica

dos personagens é ótima, mas existe a questão de personagens femininas que

sempre me incomodam, por causa de um amor inexplicável e outros quesitos de

relacionamentos. Mas qualquer pessoa que tenha o coração depilado vai achar uma

graça esse casal e a persistência dos sentimentos.

Indico a leitura, porque é fluída e super ágil. Boa para

aqueles dias em que só queremos um livrinho para distrair.

Caso você seja meio crica com o amor que nem eu, indico a

leitura mesmo assim. Toda leitura é válida, nem que seja para você perceber o

que não quer fazer. HAHAHAHAHA.

Por hoje é só. Leiam e tirem suas conclusões.

Até mais, humanos! =]

Coragem não é a ausência do medo, mas a decisão de que algo é mais importante que o medo. O corajoso pode não viver para sempre, mas o cauteloso nunca vive plenamente.

O Diário da Princesa, Meg Cabot

Novo livro do Diário da Princesa – Capa Nacional! #NotinhasDaLeitora

A Galera Record colocou ai pro mundo a capa nacional do novo livro da série “O diário da Princesa” da Meg Cabot! ❤

Em comemoração aos 15 anos do lançamento do Diário da Princesa e da Mediadora, a autora vai lançar novos livros dessas séries! E pra ficar ainda melhor a notícia, ela vem ao Brasil entre os dias 22 e 29 de outubro para acompanhar os lançamentos!! #Morrendo50VezesAqui.

Agora, para esperar a chegada dos livros e matar a curiosidade, taí a capa do livro “O Casamento da Princesa”

Top 3 – Viagens

Top 3 – Viagens!

Como estamos em um belíssimo mês de férias para grande parte dos
humanos do mundo (mas se você está trabalhando ou fazendo algo para
escola/faculdade saiba que eu me compadeço! Já estive nessa situação
#TamoJunto).

Maaas, continuando, já que eu sou a rainha da perda de foco,
utilizando a idéia de que julho é um mês de muitas viagens, farei um Top 3
contando personagens que subiram num avião e foram viajar!

Como eu ainda não fiz nenhuma das viagens do meu Top, tô aqui
listando e sofrendo com a inveja “mil grau”. Quem mais sofre disso?)

Chega de recalque, bora pra lista:

1. Todo Garoto tem – Meg Cabot

Esse livro, que utiliza e-mails e trechos de diário, contando
uma história a partir de dois pontos de vista (algo que eu adoro!!) narra a
viagem de Jane Harris, uma cartunista que está indo para a Itália para o
casamento secreto da sua melhor amiga, Holly! No aeroporto, ela descobre que o
cara que ela andou encarando porque ele estava gritando no celular era, na
verdade, o padrinho e melhor amigo de Mark (o noivo). O rapaz, Cal, é contra
casamento e Jane tenta mostrar para ele como o casal de amigos é perfeito um
para o outro.

2. A probabilidade Estatística
do amor à primeira vista – Jennifer E. Smith

Esse livro, narrado no melhor estilo “vamos tentar fazer tudo
acontecer no decorrer de poucas horas que ne o Jack Bauer faria” e conta a
história de Hadley que viajou para Londres pro casamento do pai dela (ela se
atrasa por 4 minutos e perde o vôo, tendo que esperar mais 3 horas no
aeroporto). Também indo viajar está Oliver, um rapaz que é britânico, mas faz
Faculdade nos EUA e está indo visitar sua mãe. Eles se conhecem um pouco antes
de embarcarem e tem um laço instantâneo. No avião, uma gentil senhora libera o
seu lugar para que os dois sentem lado a lado e possam conversar “ a valer”.

3. Anna e o Beijo Francês –
Stephanie Perkins

Anna vai para França terminar o colegial, isso porque o seu pai,
um escritor norte-americano famoso decide que é uma boa idéia. Ela não sabe
nada sobre a França, além de não querer sair de Atlanta, onde tem um emprego e
está quase em um relacionamento. Mesmo com os protestos, Anna acaba indo para o
colégio interno no qual faz novos amigos, sofre sem conseguir pedir seu café da
manhã porque não fala francês entre eles do Étienne St. Clair (um garoto
encantador, mas que tem namorada. -_-)