Amor na Loja de Chocolates #Resenha

Título/ Autora: Amor na Loja de Chocolates, Renata Lustosa.

Avaliação: Querendo me encher de chocolate!!

Olá, pessoas!

Bora para uma resenha que tem sensação de #tbt? Com uma vibe doce da Páscoa.

Quem não gosta de um livro temático? Ainda mais se for uma comédia romântica fofa de uma autora que já ocupa um espaço especial na biblioteca. xD

Mais uma vez, temos uma história muito gracinha para deixar os corações quentinhos. Nela, conhecemos Olivia, dona de uma loja de chocolates vegano localizado em um shopping de alto padrão.

Perto da Páscoa, na loja acaba cercada por uma horda de fãs (náticas). Isso porque havia um ator famoso bem no meio do shopping.

Olivia cachou que seria uma ótima oportunidade de venda, até que o segurança mal-encarado do ator tirou todas as garotas de lá. (Por sorte, o rapaz acabou comprando muito chocolate e, de quebra, a chamou para sair).

Workaholic de carteirinha, ela pensou em não aceitar, mas mudou de ideia, lembrando que seu pai sempre falava que ela devia sair e aproveitar um pouco a vida.

No entanto, o encontro não sai como ela espera e aquele segurança acaba sendo menos ranzinza do que ela imaginava.

Com interações fofas, encontros inusitadas, corações abertos e muito chocolate, esse conto curtinho é perfeito para momentos em que precisamos de uma dose de doçura na lista de leitura.

Quem aí já leu? Conta o que achou.

Entrevista com a Pedra #Resenha

Título /Autor: Entrevista com a Pedra e outros contos, Nigel Goodman.

Avaliação: Esperando algumas coisas inanimada e aleatórias falarem.

Olá, pessoas!

As resenhas andam meio fora de data, mas podem acreditar que as leituras não pararam! Tem muita coisa boa chegando por aí!

Hoje tem a resenha de um livro que eu fiquei intrigada para ler desde que ouvi o autor falando dele em um podcast. E, para a minha alegria, encontrei disponível no Kindle Unlimited.

Aliás, toda vez que ele aparece no “Eu tava lá”, dou muita risada. Então, indico para todo mundo.

Mas, bora falar sobre o livro.

Trata-se de uma série de contos, abordando as diversas entrevistas realizadas por Anderson Leitão.

Ele é repórter de um jornal que não tem muita credibilidade por aí. Também não é um dos melhores em sua área.

Leitão adoraria ganhar um prêmio por suas reportagens, mas está muito longe disso.

Adoraria receber pautas melhores, mas nunca consegue se expressar de forma incisiva o suficiente. E quando tenta, ou as pessoas não levam a sério ou não entendem o sentimento dele.

Com isso, termina em um monte de entrevistas esquisitas, que nunca trarão satisfação profissional ou prêmios.

Entre as pautas malucas que o chefe entregou ao reporter, por ele ser, aparentemente, a pessoa perfeita para a reportagem, estão: entrevista com uma pecha, cachorro, obras de arte e até um macaco astronauta.

A ironia é que Anderson fez cada uma das entrevista com toda a seriedade possível.

Um livro curto, bom para quando precisamos de uma leitura simples e rápida.

Alguém ai já leu? Conta o que achou nos comentários.

Cale-se para sempre #Resenha

Título /Autora: Cale-se para Sempre, Renata Lustosa

Avaliação: Lembrando da importância de ser honesta com a noiva.

Olá, pessoas!

Tem alguns dias em que a gente precisa de uma história CDF → curta, dinâmica e fofa! Este é o segundo conto que eu leio da autora, mas sinto que ela me proporcionará muitas histórias nessa categoria.

Indo direto ao ponto, bora conhecer os personagens: Olivia é uma organizadora de casamentos. Dona da “Dois Pombinhos”, preciso muito queao último evento agendado de certo, senão sua empresa pode falir!

Mas, para o azar de Olie, o noivo mostra um cara de caráter duvidoso e ela se vê em um dilema moral: contar para a noiva e perder o contrato ou seguir como se nada tivesse acontecido?

Para ajudar na questão, ela pede a opinião do seu vizinho de sala e colaborador nas festas, Tomás. Ele é fotógrafo e, de quebra, um crush de Olie.

O rapaz não é de time “mandar a real para noiva”. Aliás, esse é o traço que não curti tanto. Sei que era em contraparte, mas esperava mais do moço.

Juntando os problemas financeiros da “Dois Pombinhos”, uma paixonite proibida ( por regra da própria garota) e um casamento pronto para dar problema, temos uma comédia romântica em poucas páginas.

E, ainda que seja curtinho, é muito fácil se cativar pelos personagens e voar pelas páginas da narrativa bem construída.

Cada dia tô penteando mais esse meu coração peludo com esses conto curtinhos. São práticos, perfeitos para sair de uma ressaca literária e ótimos para uma distração no meio da semana corrida.

Por hoje é só.

Espero que gostam de resenha.

Até a próxima. =]

Sem você virei poesia #Resenha

Título/Autora: Sem você virei poesia, Dayana Araújo.

Avaliação: Poetizando- me por aí.

Olá, gente!

Hoje a resenha traz um livro pequeno em sua extensão, mas enorme na quantidade de sentimentos trazidos em cada verso.

Não sei sobre tudo o que é retratado, Me faltam experiências, mas, através da empatia, é possível sentir cada uma das emoções da autora.

São versos de término, ruptura, lágrima e tristeza. Mas também são de recomeço, reconstrução, reencontro e aprendizado com aquilo que se viveu.

Ver o relacionamento por uma perspectiva externa pós-final traz percepções que não enxergamos quando estamos “de cabeça” naquela situação.

Com poemas que molham as páginas e arrepiam os pêlos do braço, vemos a trajetória de um relacionamento que teve obstáculos, mentiras, sofrimentos. Ilusão, máscaras usadas, ideias que são criadas nas mentes de cada um. Além de abuso e amor tóxico.

Mostra uma relação que teve falta de companheirismo, empatia, honestidade em uma das partes e excesso de submissão e tentativas de outra.

Mesmo após o término, algumas coisas ainda seguem acompanhando no dia a dia. É um processo para a “liberdade” de sentimentos como culpa, remorso por não ter ‘escutado a intuição ou as pessoas próximas. Até chegar na compreensão, no auto perdão e empoderamento.

É todo um ciclo distribuído em versos bem escritos, com uma leitura fluída e emocionante.

Vale a pena passar pena jornada junto com a autora.

Alguém aí já leu? Conta o que achou nos comentários.

Podem até existir dias chuvosos sem você Mas lhe garanto que encontrarei meu arco-íris com potinho de ouro ao final

“Sem você virei poesia”, Dayana Araújo.

O Encantador de Livros #Resenha

Título/Autor: O Encantador de Livros, Lucas de Sousa. Editora Ler Editorial

Avaliação: Sonhando com uma cidade tão cheia de livros!

Oie, gente!

Na resenha de hoje, temos um livro que é para um público um pouco mais novo, no entanto, todos que amam livros e ainda tem uma criança interna viva e atuante vai adorar essa história.

A escrita é muito fluída. É daqueles livros que você vai lendo com um sorriso no rosto e a imaginação funcionando a mil por hora. Com as descrições da cidade, seus moradores, seus estabelecimentos…

É tudo tão fofinho, perfeito para que os mais jovens se apaixonem pela leitura e para os mais velhos lembrarem porque o mundo literário é tão maravilhoso.

Em tempos de isolamento e tensão, ter esse momento de escape, pensando numa cidade tão literária, foi providencial.

O texto traz, também, uma crítica sobre a importância desse hábito que muda a vida das pessoas, que traz conhecimento, lazer e é infinitos universos para viajarmos.

Um outro ponto avulso para comentar é essa capa maravilhosa. Queria muito morar nesse lugar, com edificações que remetem a livros, a “Cidade dos Livros”, na qual os residentes vivem com suas caras em páginas de romances e histórias variadas. Seja no ponto de ônibus, em parques, no meio da rua ou em salas de espera. O pessoal TÁ SEMPRE LENDO.

O protagonista da trama é Benjamin, um garoto conhecido como “Apanhador de Livros”, já que ele, todos os dias, recolhe exemplares que o pessoal da cidade está “mandando embora”.

Ainda que não saiba ler, ele ama livros. Suas gravuras, suas capas e tudo relacionado e eles.

Junto com seus amigos, ele vai viver uma grande aventura. Tudo começa quando surge a notícia de que o “Encantador de Livros” está chegando na cidade. Ele é um homem com poderes extraordinários e todos querem conhecê-lo.

Na festa do prefeito, há a indicação de que o Encantador vai aparecer e Benjamin e seus amigos (Ariadne, Clarice, André e Nicolas) se infiltram na celebração para que possam ver de perto o famoso sujeito.

No entanto, durante esse rolê, acabam descobrindo algo terrível e precisam salvar a cidade! (sem spoiler).

É uma leitura super rápida, fofinha e que nos lembra de como ler é importante e prazeroso (não que a gente esqueça isso).

Alguém aí já leu? Conte o que achou nos comentários!

Vem cá, deitar comigo no chão #Resenha

Título/Autor: Vem cá, deitar comigo no chão, Erick Saraiva

Avaliação: Esticada no chão, revezando o olhar entre o gato e o teto.

Olá, pessoas!

Sabe aquela semana super corrida, que não dá tempo nem pra pensar direito, mas cê tá querendo ler alguma coisa e sentir que cumprir pelo menos uma missão de leitura? (as pequenas vitórias da vida!).

Então, esse livro é perfeito para esse momento. Curtinho, leve e fluído de ler.

Logo do começo, já me senti conectada pela experiência do autor com sua escrita. Sabe como é #UniãoPelasPalavras!

Entre seus versos, encontramos sentimentos e situações que todos vivemos. Podem ser aquelas vozes dentro da sua cabeça que ecoam todas as mensagens erradas para você, que ativam sua ansiedade e diminuem a sua autoestima, poemas de um amor que um dia já esteve bem, sobre os relacionamento que se desenvolveram lindamente… na sua cabeça.

Fala sobre pessoas que mudam, pessoas que crescem. Que descobrem a vida sendo mais do que só dinheiro, que ela é curta e deve ser aproveitada. Trata de amor, de estar apaixonado, dos relacionamentos que poderiam dar certo e daqueles que deram muito errado. Tristezas, alegrias e esperanças.

É sobre as preocupações da vida adulta. Sobre perder aquele arquivo do computador, os medos, os sonhos…

Cada página traz algo, nem que seja uma linhazinha só que você pode olhar de dizer em voz alta “essaí sou euzinha!”.

Adoro quando eu me encontro na leitura, ainda mais em períodos de tão necessárias distração mental frente a tanta coisa rodando na cabeça. Esse livro, com certeza foi uma das melhores coisas que eu pude encontrar para aliviar a confusão da semana.

Alguém aí já leu? Conta o que achou nos comentários!

Até a próxima! =]

Reparos #Resenha

Título/Autor: Reparos, Brão Barbosa

Avaliação: Buscando as pecinhas para consertar minha máquina interior.

Olá, humanos!

Essa é uma daqueles histórias em que você tem uma grata surpresa ao longo do caminho.

Selecionei a leitura de forma despretensiosa no meio do mar de opções, procurando sempre algo que pudesse aproveitar rapidamente entre os intervalos de atividades e fui agraciada com essa maravilha!

Suas poucas páginas trazem tantos sentimentos maravilhosos. É uma daquelas obras que, ao terminar de ler, temos a sensação de quentinho no coração!

Sobre a trama, trata-se da história de uma garotinha, Eunice, que constrói um foguete com os seus amigos. Durante o teste do protótipo, o aparato acaba nas mãos do Sr. Ravid, um senhor ranzinza que conserta coisas e mora isolado. A cidade pequena é cheia de rumores sobre ele e as crianças morrem de medo da figura.

No objeto, como piloto, está um boneco de Junior, o rapaz por quem Eunice tem sentimentos (a menininha está apaixonada pelo coleguinha) e o boneco é ninguém menos que o ASTRONAUTA da Turma da Mônica. Fora essa referência da Cultura Pop, também temos o nome do foguete, Apollo Creed. xD

Para recuperar o boneco, Eunice cria um plano para “invadir” a casa do Sr. Ravid quando seu pai vai até lá lavar um forno para consertar. Aliás, a família dela possui uma padaria e seus pais desejam que ela trabalhe lá (mas ela curte mesmo construir e consertar coisas).

Quando entra na casa do Sr. Ravid, ele encontra a garota e esse é o início de uma amizade inesperada, na qual o velhinho ranzinza faz da garotinha a sua assistente ao perceber que ela tem aptidão para o trabalho.

O desenvolvimento e a conexão dos dois é muito fofinha e inspiradora para diversas escolhas de Eunice ao longo dos quadrinhos.

Fora ter uma trama fofinha e tocante, a obra conta com quadrinhos lindos! Feitos para encher o coração de abraços quentinhos, sentir esperança. É uma história de aprendizado e crescimento!

Quem aí conhece ou já leu? Conta o que achou nos comentários.

Até a próxima!