Estou certa de que não tenho certeza alguma

question-mark-1872634_1280.jpg

Primeiro foi “ué?”

Depois foi ‘Ahh tá!’

Finalizando com: “eita!”.

Somando tudo isso, temos o sentimento condensado nessa maravilhosa frase do título.

Tem alguns momentos da vida em que a nossa única certeza é essa. A gente não sabe de nada (bando de inocentes), mas tá tudo bem.

A nossa natureza, muitas vezes controladora e racional, vive nos falando, para não dizer que, na realidade, ela tá GRITANDO para que  tenhamos decisões rápidas, que não façamos escolhas burras, que nunca, em hipótese alguma,  duvidemos de algo. Que sejamos perfeitos em todas as atitudes.

Estar certo de tudo, o tempo todo, é impossível Fingir que temos tudo organizado é desgastante.

Não sabemos o que vai acontecer daqui a um dia. Aliás, ninguém sabe o que vai acontecer em 5 minutos. E sabe qual é a real? Não tem problema nenhum!!

Ninguém sabe se o emprego vai ser bom antes de aceitar. Ou se o amor é verdadeiro se não abrir o coração. Nunca se sabe a profundidade da água antes de colocar os pezinhos nela.

A vida é tentativa e erro. Vamos fazer muito, dos dois. E isso será uma forma de evolução pessoal!

É tenso ter um caminho de incertezas e confusão?

– Muito!

Vamos querer sair correndo cas mãozinhas pra cima?

– Sempre!

Mas deixaremos a insegurança vencer só porque o que está no futuro é nebuloso e, às vezes, assustador?

– NUNCA!

O medo é uma reação comum, mas, se soubermos tomar as providências cabíveis, tudo vai dar certo! Aliás, precaução é indicado, crianças, (Porque também não é pra sair se jogando de todo precipício achando que tá preso na corda de bungee jump)

Então, respira fundo. Abrace a incerteza que mora em você e dê o próximo passo. Um de cada vez e muitas milhas serão percorridas!