Segundas Musicais #24

Chegando outra segunda, agora com o horário de verão (quem ainda tá se adaptando ou vai demorar 2202828028292 de vidas para se adaptar levanta a mão |o| ).

Juntando o horário, o sono e esse dia que foi beeeem longo, hoje a lista var ser básica e com um tema “simplão”. Só entra música que foi trilha sonora!

Bora sacudir esse sono todo com umas musiquinhas, humanos!

#GiraoDiscoDJ!

01. Last Words -The Real Tuesday Weld

Eu AMO esse filme (Nick e Norah!) e, infelizmente, admito que ainda não li o livro, mas está nos planos! Deve ser tão genial quanto sua adaptação! #TodosTorce! Fica aí a música fofurinha que encerra o filme!

02. Boxtrolls Song

Genteeee, esse filme é uma gracinhaaaaa!!! Todo mundo deveria assistir!

03. To The Top – Twin Shadow

Hoje, aparentemente, a temática é “fofura”. Essa música faz parte da trilha sonora do filme Cidades de Papel! ❤

04. Haunted – Beyoncé

Pronto, saindo da linha fofura em 5, 4, 3… Essa música é ótima e faz parte da trilha sonora de 50 tons de Cinza!

Fico por aqui hoje, até a próxima e tenham uma ótima semana!! =]

Spin off de Will & Will – “Me abrace mais forte”

Geeente! Saiu a capa nacional ( e eu já até vi em pré-venda) o spin-off de Will & Will – “Me abrace mais forte” !

A história vai girar em torno de um dos personagens mais icônicos da história, Tiny Cooper! O livro vai seguir a trajetória de Tiny desde que nasceu, até o ensino médio já que isso ai compõe o roteiro do musical que ele escreveu e atuou no livro Will & Will!! #Genial.

Para quem não conhece o livro, é a história de dois garotos completamente diferentes que possuem o mesmo nome e sobrenome e acabam se encontrando nesse mundão por uma coincidência!

Will & Will é co-escrito por John Green e David Levithan, já o spin-off é obra sola do David.

O lançamento está marcado para outubro (o melhor mês do ano!). Agora é esperar pra ler! =]

A solidão vem da ideia de que você pode estar envolvido no mundo, mas não está. Ser invisível é ser solitário sem o potencial de ser outra coisa além de solitário.

Invisível, David Levithan e Andrea Cremer

Top 3 – Livros com vários autores

Mesmo adorando os livros com um único autor, coletâneas e
livros com colaborações são muito legais porque dão pontos de vista diferente
ou dão aquela sensação de que estamos lendo algo diferente sem precisar trocar
de livro!

Esses livros podem ser uma junção de contas com uma só temática,
uma história completa contada através de personagens diferentes ou histórias
que se entrelaçam no melhor estilo #SimplesmenteAmor. Existem ainda milhões de
maneiras de fazer crossovers de autores, porque o mundo da literatura é mágico.

De qualquer forma, bora pra lista de hoje!

1.  Deixe a Neve Cair –
John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson.

Esse livro é uma das coisas mais fofas que eu já li! Eu sei
que deveria ter lindo no final do ano, mas eu acabei começando sem saber que se
tratava de uma história que se passa na época natalina! (Sempre faço isso).

Cada autor conta a sua história, mas elas acabam se interligando,
personagens se encontrando na mesma cidade graças a motivos distintos, casais
mega fofos e situações inusitadas!

Depois de ler esse livro, fiquei com vontade de comer batata
rostie (que acabei, tristemente, descobrindo que não curto) e tomar um café da
Starbucks.

2. Will & Will – John Green e David Levithan

Essa história de dois personagens com o mesmo nome, isso já
parece uma premissa para altas confusões de uma galera do barulho!

A história é contada pelo ponto de vista dos dois
personagens com o mesmo nome Will Grayson. Os dois se encontram graças a um
show ao qual um dos Wills comparece e é próximo a uma loja na qual o outro Will
vai para encontrar o rapaz com o qual ele tem um relacionamento online.

O ponto a mais vai para o personagem que não compartilha
desse nome, Tiny Cooper, um rapaz gordinho e talentoso que serve como elo para
os dois Wills.

3. O presente do meu grande amor

Essa coletânea de histórias ambientada na época de Natal (e que
eu tô lendo em tempo #sqn) é formada por uma compilação de contos de autores
geniais, organizados pela genial Stephanie Perkins! Eu admito que só li um
conto e meio até agora, mas o primeiro foi da Rainbow Rowell e foi tão lindinha
que eu ainda tô com ressaca pós leitura.

Sério, só por esse primeiro conto eu já considero o livro
pacas, mesmo conhecendo pouco. #OrkutFeelings.

Acabou a lista de hoje, humanos! Até a próxima!