Auggie & Eu #ResenhaDeQuinta

Título/Autor/Editora: Auggie & Eu, R.J Palacio/
Instrínseca

Avaliação: Pensando nas mudanças que Auggie causou na minha
vida.

Geeente, esse foi um dos melhores presentes de Natal que
alguém poderia ganhar!! Que livro fofinho!!! Depois de ler Extraordinário (e
ganhar o livro de preceitos), “Auggie & Eu” chegou para completar a família
da melhor forma possível!

Tal como “Extraordinário”, a escrita é apaixonante, os
personagens são críveis, falhos e com potencial para mudanças e grandes ações,
tal como todos nós humanos!

Esse é o tipo de leitura que transforma a gente, a dona R.J.
Palacio é pró em testar as nossas emoções, em nós pressionar a ver o mundo fora
da nossa caixinha e abraçar o desconhecido com coragem!

O livro, como é explicado no começo, não se trata de uma
sequência de Extraordinário, segundo a autora, não haverá sequência NUNCA. Ele
é uma compilação de histórias que se passam basicamente ao mesmo tempo que o
outro livro.

Falando um pouco, mas sem muitos spoilers porque são
histórias mais curtinhas, o livro contém 3 textos. O capítulo do Julian, Plutão
e Shingling.

O Capítulo de Julian começa logo que ele é chamado para o
comitê de Boas Vindas de Auggie, mostra, através do ponto de vista dele, como
foi o desenvolvimento da “raiva” que ele sente por Auggie ter mudado a sua
turma e seu status no colégio. De
popular, ele passa a ser o autor de bullying e excluído.

Vemos um pouco de sua família, a mãe que faz de tudo para
defende-lo, não importa se ele está certo ou não, seu pai e, principalmente,
uma personagem especial: sua avó! A presença dela é o diferencial nessa
história.

Plutão é a história de Christopher, o melhor amigo de
Auggie, tecnicamente. Eles têm a mesma idade, são amigos desde o nascimento,
suas mães são melhores amigas, mas eles, com o tempo e a mudança de casa de
Plutão, acabam se afastando.

Esse “conto”, mostra, através dos olhos de Plutão, como é
ser amigo de Auggie, além de dar a oportunidade de conhecermos a família dele.
Essa narrativa sai um pouco do eixo-Breecher Prep-Auggie que a gente vê nos
outros dois.

Por fim, Shingling é a história de Charlotte, a garota que
fez parte do comitê de boas vindas de Auggie, mas que, no fim, não teve tanta
participação na vida escolar do garoto.

Através da narrativa dela, vemos a separação do colégio e a
estrutura ingrata a partir da visão de alguém que se preocupa muito com o que
os outros pensam e só quer fazer parte do grupo importante.

Charlotte é uma ótima aluna e a história dela conta,
principalmente sobre a sua interação com novas pessoas, com quem ela nunca
pensou conversar, a forma com que pessoas de grupos distintos podem se cruzar e
se dar bem. Não é definitivo, mas é um passo para a mudança.

O livro é genial, cheio de capítulos interessantes que nos
mostram como cada um desses personagens foram afetados pela presença de Auggie
em suas vidas.

É lindinho, gente!! Leiam porque quero saber o que acharam
do livro! <3. Até a próxima!

Top 3 #Melhores2015

Nada como o fim do ano para a gente começar a pensar em tudo
aquilo que lemos durante o ano. Muitos livros apareceram nas listas desses
últimos meses, portanto, vou tentar colocar nesse top aqueles que eu ADOREI,
mas não tiveram a oportunidade de aparecer aqui.

Particularmente, em 2015, eu tive a oportunidade de ler
muito mais do que em outros anos, eu me desafiei no quesito leitura e acho que
consegui provar um ponto: sempre há um tempo para leitura recreativa, humanos!!
Sejam alguns minutos do horário de janta/almoço na firma, aquela viagem no
transporte público ou no carro, um passeio ao parque, antes de dormir ou após
acordar.

Algumas páginas por dia e muitas histórias por ano, acho que
isso vale a pena para tornar a vida mais divertida! ❤

Então, vamos para a listinhaaa, geeente!

01. Auggie & Eu – R.J. Palacio

Essas três histórias que não são uma continução, mas um
complemento de Extraordinário, são GENIAIS! Tem o Capítulo do Julian, no qual
entendemos um pouco mais sobre o menino que foi tão malvado com o Auggie, a
história de Chris (Plutão), o colega de infância do nosso extraordinário
protagonista que mostra um pouco sobre como crescer sendo amigo de Auggie, além
da história de Charlotte, que não tem tanto a ver com a convivência, mas a
influência de Auggie na vida das crianças de Beecher Prep.

02. Amy & Matthew
– Cammie Mcgovern

Essa é umas das histórias mais lindinhas que eu já li.
Ponto. Amy, que possui paralisia cerebral e isso faz com que necessite de
acompanhamento constante, graças a isso, ela consegue, em seu último ano do
colégio, convencer a sua mãe a fazer um grupo de “cuidadores” contendo seus
colegas de turma e, dessa forma, ela e Matthew começam a se conhecer! Tão
genial a forma como a amizade muda cada um deles! ❤

03. Manual prático de bons modos em livrarias, – Lilian Dorea

Cara, que livro divertido!! É uma compilação de situações,
no mínimo, inusitadas, com as quais os livreiros precisam lidar. Desde pessoas
pedindo livros de autores errados, coisas místicas e informações estranhas, sempre
tem algo que a gente já fez ou viu alguém fazendo. Risadas garantidas com esse
livro!! ^^

Esse foi o último Top 3 de 2015, mas logo menos estaremos
com um ano novinho em folha e muitas listas virão!!!