Parece que ainda está aqui.

Sinto a presença, ouço todos os sons.

É como um campo de força que segue ao meu redor.

Passo pelo cômodo vazio e consigo remontar o quadro de como tudo era antes.

Cheio.

Barulhento.

Desordenado.

Feliz. Amoroso. Completo.

Quanto tempo faz? Dias, meses ou anos?

Jurava que seria para a eternidade. Sempre haveria mais um dia para ver os sorrisos, ouvir as risadas, aproveitar os abraços.

Mas agora a saudade me invade, com seu grito silencioso que me ensurdece.

Fico encolhida nos cantos da minha mente. Tentando recapitular os melhores momentos com se fosse um daqueles vídeos de aniversário ou casamento.

Gostaria de ter dito mais um te amo, sinto orgulho, não vá embora ainda.

Não deu tempo.

Espero que as minhas lembranças e esse sentimento maravilhoso cheguem aí. Em um embrulho bonito, repleto de amor.

Nos vemos por aí, um dia, quem sabe.

Até lá, tudo o que ficou para trás vai manter a memória viva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.