P_20200618_212432.jpg

Título/Autor(a)/Editora: Star Wars: A Guerra nas Estrelas, Roteiro: J.W Rinzler. Ilustrações: Mike Mayhew
Avaliação: Tirando o pó do sabre de luz

Olá, gente!

Hoje temos uma publicação um pouco diferente, trata-se de uma graphic novel baseada na primeira versão de roteiro que o George Lucas fez para Star Wars.

Esse obra faz parte das coletâneas legends. O que isso significa? Que não são do cânone . (HAHAHAHA, não ajudei, né?).  Ou seja, as histórias fora do cânone não são consideradas como integrantes da timeline oficial, como os episódios I até o IX.

Essa categoria “legends” indica que são, de fato, produtos  universo Star Wars, mas o que ocorre em sua história não é mais considerada como uma linha a ser seguida dentro da trajetória dos personagens, por exemplo, nos filmes que têm sido lançados.

Isso não muda muita coisa para essa novel especificamente, já que se trata de uma adaptação de um roteiro antigo. Outros livros lançados antes de 2014 sofrem mais com essa questão de “saírem do Canon”.

Mas, falando de “A  Guerra nas Estrelas”, essa obra, além de ser visualmente maravilhoso, traz uma nova visão para todos os fãs que já são apaixonados pela trilogia original. É muito interessante ver como os personagens foram imaginados nesse primeiro momento.

Algumas mudanças, por exemplo, o personagem principal aqui é Annikin Starkiller (esse nome te lembra alguém, Vader, é você?), filho de um Jedi-Bendu (os Jedis, nessa versão, são guarda-costas imperiais).

Leia ainda é uma princesa que busca auxílio contra os ataques do império que culminam na morte de seu pai. No entanto, a pessoa para quem ela envia seu pedido de socorro é Luke Skywalker, um SENHOR general (isso mesmo, Luke tem uns sessenta anos nesse universo).

E quem se torna o jovem padawan de Skywalker? Issaê, o Annikin!

No meio dessa aventura para ajudar Leia, Luke e Annikin encontram Han Solo, que é um caçados de wookies (que o Chewie não ouça isso!!) e não tem aparência humana. Ele é um tipo de alienígena.

Darth Vader não é um lord, mas ele é do mal. E os stormtroopers são shoocktroopers!

Ainda que tenha um grande número de diferenças (fora os personagens, a história também conta com uma série de mudanças), não deixa de ser muito interessante conhecer esse outro viés e pensar em como poderia ter sido diferente tudo o que conhecemos sobre o universo de Star Wars, né?

Vale a leitura para entender onde tudo começou.

Espero que curtam!

Até a a próxima.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.