aged alarm clock antique background

Todo mundo já teve aquele momento em que se sentiu desmotivado, sem entender qual a sua função na grande máquina do mercado de trabalho.

Das menores às maiores responsabilidades, seja a pessoa que corta o fio da bomba ou aquela que vai jogar o que restou do aparato no lixo, todos são importantes!

Gente do Céu.

Galera se estapeando por aí por causa de questões técnicas.

Discutindo sobre quem é mais importante ou o dono do topo da cadeia alimentar laboral.

Existem funções que exigem mais ou menos responsabilidades, formações acadêmicas ou certificados. Mas não podemos trabalhar sem as várias incumbências que existem!

Todos somos parte do mecanismo perfeito (tá, perfeito pode ser uma palavra forte demais), mas não dá pra ter algo funcionando sem todas as peças no lugar!

É a premissa básica do relógio: existem partes grandes, incluindo os famosos ponteiro.  E parte menores, como aquele mini parafuso que fica dentro da estrutura, prendendo os da frente.

Aí eu te pergunto, dá pra ver as horas sem aquela micro parte? Se tivesse só os ponteiro, aquilo ia girar?

CLARAMENTE NÃO! E cêis acham que em algum momento o parafuso se sentiu largado ou desmerecido,  porque ninguém consegue vê-lo, escondida na parte de trás do aparelho? Sem dar o devido crédito pelo trabalho?

Provavelmente sim.

Mas o que nós esquecemos às vezes é que, não importa o tamanho ou a quantidade de tarefas, se todas as pecinhas do mecanismo não estão funcionando em sintonia, as coisas não sairão completamente certas.

Ainda que estejamos em uma sociedade cheia de divisões, classes, barreiras e problemas relativos a questões complicadas do mercado de trabalho, algo nunca vai mudar: sua participação é valorosa! Você é uma peça fundamental para o quebra-cabeça do produto ou serviço que produz.

E, às vezes, quando se sentir triste, achando que aquilo que faz não tem mérito nenhum, saiba que a sua força de trabalho tem valor (mesmo quando quem deveria nos relembrar disso não o faz).

Seu esforço é significativo e, ainda que seja tratado como um número, nunca se esqueça de que você é um ser humano. Com sentimentos, sonhos e aspirações. Que busca crescer, aprender e evoluir.

Então, jovem padawan! Lembre-se sempre de dar o devido destaque a quem está ajudando a sua máquina a funcionar em todas as etapas. Não subestime o trabalho alheio, nem o seu.

Entenda a importância das variadas funções dentro das demandas existentes porque, juntando cada uma delas, conseguimos alcançar todos os objetivos.

Agradeça e respeite a colaboração de cada uma das pecinhas que fazem os relógios do nosso cotidiano girarem maravilhosamente!

Foto por Krivec Ales em Pexels.com

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.