backlit dawn foggy friendship

Mais alguém sente, às vezes, que perdemos a capacidade de compartilhar coisas boas? De sermos positivos?

Parece que entramos no vórtice coletivo de reclamações. E tem sido difícil nos livrar disso.

Ao encontrar uma pessoa na rua, ao invés de aproveitarmos um bom momento de coincidência nessa época de tantos desencontros, o que fazemos? Um duelo de notícias trágicas, quase uma competição entre cansaço,  boletos e problemas de saúde.

Nossos diálogos tendem ao desânimo.

Não que tenhamos que viver aprisionados em bolhas de alegria. É impossível afirmar que que tá todo mundo bem ou que devemos ignorar o que nos acontece de ruim. Devemos dividir as tristezas, compartilhar a dor com pessoas de confiança que nos ajudem a entender algumas situações, que deem apoio.

No entanto, o ponto não é a conversa saudável sobre algo que nos aflige (o que é bom e indicado, sempre!).

O caso é essa a impressão de que, em alguns momentos,  nós esquecemos como apreciar até os menores momentos de alegria.

Deixamos a negatividade se tornar tudo aquilo que os nossos olhos podem ver, que as nossas bocas podem repetir e o que os ouvidos querem ouvir.

Nos tornamos imãs de coisas ruins. E o ciclo se tornar incontrolável.

Mas não temam, jovens padawans. Sei que é normal para ser humano querer comentar a desgraça alheia ou a sua própria. Competir para ver quem tem mais dores. Quem nunca viu aquele grupo na festa de família enumerar as tragédias pessoais, os remédios diários, a má sorte…?

O negócio é não deixar que isso se torne tudo que jogamos para o mundo. Porque esse ciclo insalubre vai nos engolir um dia.

Se tudo aquilo de ruim vai sair de dentro da gente (humanos sendo humanos reclamões…), bora pensar em algo positivo para equilibrar.

Que tal, para cada lamúria, pensarmos em algo bom, comentarmos sobre um momento feliz, elogiarmos alguém, sentir gratidão? Ou pensar em algo para ajudar o próximo a sair desse ciclo, incentivar um amigo, colaborar com alguém que esteja em uma situação complicada?

É um exercício diário. Mas temos muito potencial para sair dessa! Será uma desintoxicação de negatividade! E vamos superar isso aí!

Foto por Helena Lopes em Pexels.com

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.