A semana começou já mostrando a que viria.
Fria, chuvosa e estressante.
E como ser humano coerente que sou, deixei o cinzento do dia se tornar a cor da minha vida.
Todos os pequenos problemas se tornaram gigantes assustadores.
As alegrias foram ignoradas junto com qualquer resquício de esperança.
O mundo foi visto através de um microscópio em que as partículas parecem estranhas e monstruosas.

E no final das contas, deixei de viver.

Eu me deixei esquecer o quanto, na verdade, eu adoro a chuva. Que ela refresca, renova, limpa. E que é uma potência a ser respeitada, mas é natural e linda da sua forma.

Não percebi que todos os pequenos percalços eram só isso. Pequenos. Não gigantes do mal. E com uma respirada profunda (não lanças e espadas), seriam vencidos!

Perdi preciosos momentos ao lado de gente que amo. Importantes só pelo fato de estarmos ali juntos, o que nem sempre é viável nesse mundo moderno.

Não me dei conta de que cada partícula, por mais esquisita, é única e especial. E nos torna quem somos. Constrói esse mundão maravilhoso.

Se serve como conselho, pequeno Padawan, não desperdice a vida.
Dias tristes virão, momentos difíceis e desafiadores também.
Mas não deixe que eles se tornem a sua prisão, deixe que sejam a chave que abre a sua cela interior!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.