Título/Autor: O Presente do Meu Grande Amor, vários humanos organizados pela Stephanie Perkins!

Avaliação: Comprando um laço para me embrulhar e mandar pelo correio para mim mesma (porque ser solteira é isso… hahahaha)

Algum dia vou aprender a aguentar a curiosidade e deixar para ler os livros temáticos em suas datas corretas! Até consegui segurar um tempo. Estamos em julho (o mês em que eu normalmente desisto e leio).

Mas ignorando o meu problema com a curiosidade, vamos ao que interessa, o livro!

Antes de terminá-lo, ele já tava em uma lista do top de sábado porque eu tinha fé na sua fofura. E fui recompensada com a comprovação de um livro genial e lindinho!

Se eu falar de cada um dos contos pode ser que escreva um épico aqui, então, vamos aos favoritos e saibam que todos valem a pena!

Meias-Noites: Rainbow Rowell

Eu ADORO essa autora, não tem como ler algo dela e não se apaixonar. E foi isso o que aconteceu. Fui tão cativada pela Mags e Noel que após terminar o conto eu fiquei com a maior ressaca literária da minha vida. TÃO BONITINHO! O conto narra o desenrolar da noite de ano novo de dois amigos de 2011 a 2014! ❤

Encontre-me na Estrela do Norte – Jenny Han

Esse ano eu li os livros dela pela primeira vez e gostei bastante. Nesse continho consegui sentir a mesma facilidade de leitura e já coloquei a Jenny Han nas listas de compras futuras! O texto conta a história de Natalie, uma menininha que foi adotada pelo Papai Noel após sua mãe deixá-la com um bilhete pedindo que ele tomasse conta de sua filha. Mora no Pólo Norte, vivendo diariamente as emoções da grande fábrica que é o Pólo Norte e a vida dos duendes que lá habitam, mas sente-se diferente por ser a única humana. Não tá fácil pra ninguém!

É um milagre de Yule, Charlie Brown – Stephanie Perkins

Outra autora que eu gosto taaaaaaaaaaaanto!!! Se ela escrever os rótulos dos shampoos eu compro só porque é tudo tão fofinho!! Não
cometi o mesmo erro do primeiro e guardei este pro final. Não me arrependi da escolha porque é mais um daqueles contos megafofos! Narra a história de Marigold, uma garota que quer trabalhar com animações no Youtube e deseja convidar o rapaz que trabalha vendendo árvores da Natal para ser a voz de um dos personagens de sua nova produção! A interação dos dois e o quanto eles conseguem se conhecer em tão pouco tempo é pra vomitar arco-íris em loop!

O que diabos você fez, Sophie Roth? – Gayle Forman

Depois de ler “Se eu ficar”, achei que ia rolar desgraça nesse conto da Gayle Forman, mas fui felizmente surpreendida com uma história super gracinha. Eu me encontrei na personagem, com seu senso de humor que ninguém entende e a vontade de só ser invisível na Universidade de Fimdomundo! Bolsista, vinda de uma cidade grande e sem conseguir se encaixar. Sophie descobre que nem tudo está perdido naquele meio de nada!

Baldes de cerveja e o menino Jesus – Myra McEntire

Quando qualquer texto possui comparações contemporâneas, frases cômicas e personagens divertidos, já ganha o meu coração na hora! E esse foi o caso! Nunca tinha lido nada da Myra e adorei a experiência! Transcorre no ponto de vista de um menino, Vaughn (assim como Anjos na Neve e Papai Noel por um dia) e trata da história desse garoto tendo que fazer trabalho comunitário depois de atear, sem querer, fogo no celeiro da Igreja. O crescimento do personagem e a interação dele com a menina que gosta, além da forma como consegue lidar com a situação usando seus talentos para trollagem de um jeito bom fazem esse conto ser genial!

Bem-vindo a Christmas, Califórnia – Kiersten White

Comecei não dando muita atenção para o conto. Só mais uma menina que queria ir embora da sua cidadezinha sem nada importante que conheceu um garoto e blá blá blá. Mas não, depois de um tempo lendo, fui altamente cativada. O jeito meio mágico do Ben, a forma como Maria vê o mundo de um jeito diferente após descobrir que toda sua “ranzinzez” não tinha muito motivo, a importância
dos amigos (Candy que o diga!) e como o mundo muda quando você muda também. Não sei mais o que dizer, só sentir!

A garota que despertou o sonhador – Laini Taylor

Eu tô louca para comprar a trilogia da Laini (esperando só uma promoção boa porque eu ainda não tô milionária), mas só de ler esse conto já fiquei com mais vontade ainda de ler o resto das coisas dela! É místico, cativante e emocionante! Partiu meu coração e montou de novo em poucas páginas. Narra a história de Neve, em um mundo diatópico todo quebrado após o Advento.

Neve, uma menina pobre que trabalha que nem um burro velho, assim como outra garotas. Perdeu sua família e tem que sobreviver com uma galinha que não bota e o que consegue no trabalho. Na época de Natal, os homens entregam presentes para as meninas, sinal de interesse e oportunidade para casarem e “subirem” na vida. Mas Neve não tem sorte com o presente recebido e acaba pedindo, quase orando, pelo Sonhador, uma “entidade” há muito tempo esquecida e cuja simples pronuncia do nome é proibida.

E tem muito mais coisa nas páginas.

Bom, essa foi a resenha de hoje, ainda tem muita coisa para falar desse livro, mas não cabe em poucas linhas porque seria impossível ser sucinta com tanta coisa legal!

Leiam esse livro, humanos! E até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.